Rocamadour + Cahors – um pouco mais da região Lot

Share

Rocamadour é um dos santuários mais famosos da França e importante centro de peregrinação. Faz parte, inclusive, do trajeto francês do Caminho de Santiago de Compostela. Sua fama começou quando milagres começaram a acontecer no local após a chegada da estátua da Virgem Negra pelo eremita Zaqueu de Jericó, no século IX.

É uma cidade dividida em três níveis: a parte baixa, que é a cidade com hotéis, lojas e restaurantes, a parte intermediária, onde ficam as capelas e a parte alta, onde fica o castelo. Essas são partes são interligadas pela Grand Escalier, de 233 degraus, escada utilizada pelos peregrinos e para quem quiser chegar às atrações por ela. Quem não quiser usá-la, pode visitar pelo funicolar também.

A pequena estátua da Virgem Negra pode ser visitada na Chapelle de Notre-Dame até hoje, mas não deixe de visitar as outras capelas também!! Achei super interessante o L’Hospitalet, onde funcionava um hospital gratuito que atendia os peregrinos que passavam por lá.

Ah, e se possível, fique por lá para curtir o pôr do sol, que ilumina a cidade de uma forma incrível e você ainda consegue ver a iluminação noturna, que é lindíssima!!!

Sugestão de atrações:

  • L’Hospitalet
  • Basilique St. Sauveur
  • Chapelle Notre-Dame
  • Chateau de Rocambadour
Itinerário feito pelo site Sygic Travel
Rocamadour
Rocamadour
Rocamadour
Rua de Rocamadour
Rocamadour
Grand Escalier
Rocamadour
Capelas de Rocamadour
Rocamadour
L’Hospitalet
Rocamadour
Rocamadour à noite

Arredores:

Se quiser visitar alguma cidade próxima de Rocamadour, na região de Lot, visite Cahors, cidade medieval fundada pelos romanos, cortada pelo rio Dordogne e rica na produção de vinhos, assim como toda a região. Foi também onde nasceu o Papa João XXII, que construiu uma universidade, a Cathédrale Saint-Étienne e a maravilhosa Pont Valentré.

A ponte Valentré, do século XIV, chama a atenção de todos que passam por ali. É realmente hipnotizante, pois não nos cansamos de olhá-la. Todos os lados e direções são atraentes e suntuosa!!!

Passe, então, pela Rue Daurade, rua concentrada nas casas em estilo enxaimel situada no centro histórico e a Boulevard Gambetta, cheia de lojas e restaurantes. E não vá embora sem passar pelo Chateau du Roi que funcionou como prisão por vários anos, sendo considerada, também, a prisão mais velha da França.

Itinerário feito pelo site Sygic Travel
Itinerário feito pelo site Sygic Travel
Cahors
Hôtel de Ville
Cahors
Pont Laventré
Cahors
Ruas de Cahors
Cahors
Rio Dordogne, em Cahors

Deixe uma resposta