Peloponeso: conheça suas principais atrações

Share

Peloponeso é uma quase-ilha situada na Grécia Continental. É uma região rica em história, pois sua localização era bem privilegiada e de fácil acesso, entre Atenas e outros países do Mediterrâneo. Não deixem de incluí-la em uma viagem à Grécia e não deixem de conhecer as seguintes atrações:

  • Canal de Corinto: foi idealizado pelo imperador romano Nero, mas só foi construído em 1881
Peloponeso
Canal de Corinto
  • Sítio Arqueológico de Micenas: um dos mais importantes da região, era um palácio-fortaleza, liderado por Agamenon, um dos reis gregos mais importantes da Guerra de Troia.
Peloponeso
Sítio Arqueológico de Micenas
  • Nafplio: foi a primeira capital da Grécia, entre 1823 e 1834, antes de ser transferida para Atenas. É também considerada uma das cidades mais bonitas da região do Peloponeso e uma das mais românticas também.
Peloponeso
Nafplio
  • Teatro de Epidauro: construído no século IV, a.C é um dos mais bem preservados atualmente. Ele acomoda até 14.000 pessoas sentadas e possui uma das melhores acústicas também.
Peloponeso
Teatro de Epidauro
  • Mystras: foi a segunda cidade mais importante do Império Bizantino, perdendo somente para Constantinopla, atual Istambul. Hoje em dia, se tornou um sítio arqueológico com várias ruínas e mosaicos preservados.
Peloponeso
Mytras
  • Monemvasia: foi construída durante o Império Bizantino em um rochedo separado somente por uma ponte da cidade de Gefyra, no meio do Mar Mediterrâneo. Olhando de fora, nem percebemos que existe uma cidade lá, o que garantia proteção a seus moradores.
Peloponeso
Monemvasia
  • Simos Beach, na Ilha de Elafonisos: praia de areia branca e fina (o que é raridade na Europa, rs), mar azul turquesa bem forte e suas águas são totalmente transparentes. É considerada uma das dez praias mais bonitas da Grécia, segundo o site Trip Advisor.
Peloponeso
Symos Beach, na Ilha de Elafonisos
  • Gythio: capital do polvo da Grécia e é bem charmosa, cheio de cafés e tavernas na beira-mar. Dizem que foi lá que Paris teve romance com Helena, o que acabou provocando a Guerra de Troia.
Peloponeso
Gythio
  • Areopoli: capital da Península do Mani, é uma cidade cheia de casas-torre e igrejas bizantinas. Andar por suas ruelas é como se estivéssemos voltando ao passado…
Peloponeso
Areopoli
  • Limeni: onde fica o porto da cidade. É uma vila de pescadores super charmosa! Aproveite para almoçar em um dos restaurantes de lá, principalmente se quiser comer pescados.
Peloponeso
Limeni
  • Dimitsana: considerada umas das mais bonitas da região da Arcádia. Pela dificuldade do acesso, elas eram um refúgio para as guerras, então várias casas-torre e igrejas bizantinas foram construídas.

Peloponeso
Dimitsana
Olympia: era considerada um local sagrado, por isso escolheram ali para sediar os Jogos Olímpicos, desde 776 A.C. De quatro em quatro anos, era realizada uma trégua em quaisquer conflitos que estivessem ocorrendo para a realização dos Jogos.

Peloponeso
Olympia
  • Ponte Rio-Antirrio: é bem moderna e considerada, inclusive, a maior maravilha do mundo moderno da Grécia.

Peloponeso
Ponte Rio-Antirrio

 

Para ver todos os posts desta região, confira nos links a seguir: 

Olímpia + Stemnitsa + Dimitsana

Share

Olímpia era uma das cidades que mais estávamos animados em conhecer, ainda mais por causa das Olimpíadas de 2016 serem no Rio de Janeiro. A cidade era considerada um local sagrado, por isso escolheram ali para sediar os Jogos Olímpicos, desde 776 A.C. De quatro em quatro anos, era realizada uma trégua em quaisquer conflitos que estivessem ocorrendo para a realização dos Jogos.

Sim, a principal atração da cidade é visitar o Sítio Arqueológico onde ocorreram as Olimpíadas Antigas. O local é enorme, então prepare-se para andar bastante. Mas para visitar o estádio onde ocorriam as maratonas, visualizar as ruínas de importantes templos ou mesmo as casas onde pessoas mundialmente conhecidas como Nero, ficaram hospedadas para comparecer aos jogos vale realmente a pena.

Ao passar pelo Templo de Zeus, tente imaginar a grandiosa Estátua de Zeus, feita de marfim e ouro, confeccionada por Fídias, que foi considerada uma das sete maravilhas do mundo antigo no local. Uma pena que foi roubada, mas há uma imagem de como ela seria no Museu Arqueológico.

Ah, e não se esqueça de ver o Templo de Hera, o local onde a tocha olímpica é acesa até hoje, tanto nas Olimpíadas de Verão, como nas de Inverno, nesse mesmo lugar, com direito à mesma cerimônia de antigamente, para depois ser encaminhada ao local de sede é fantástico!!

Mas Olímpia tem mais a oferecer! Quase em frente às ruínas, fica o Museu Arqueológico, onde as peças encontradas no sítio arqueológico ficam expostas. Alí percebemos a dimensão de como era o local! Muitos objetos foram restaurados e estão expostas na posição e tamanho originais. Um espetáculo!!! Vá antes ao museu para depois ir à ruína, assim você entenderá melhor o local.

Para quem quiser ir mais a fundo no assunto esportes, há ainda o Museu das Olimpíadas Modernas, onde estão expostos objetos como bolas, camisas, troféus de vários esportistas deste século.

Não deixe também de caminhar pelo próprio centrinho da cidade chama à atenção! É apenas uma rua de pedestres, com várias lojas e restaurantes, mas toda enfeitada de bandeiras de países. Neste ano, 2016, as bandeiras mais vistas eram, claro, da Grécia e do Brasil. Adoramos!!

Se você tiver mais tempo na região, aproveite para conhecer algumas vinícolas da região ou ir para alguma praia do mar Jônico, que está bem perto de lá.

Sugestão de atrações:

  • Sítio Arqueológico
  • Museu Arqueológico
  • Centro
  • Museu das Olimpíadas Modernas

 

Itinerário feito pelo site Sygic Travel
olimpia
Estádio Olímpico
olimpia
Templo de Heras (onde é acendida a tocha olímpica até hoje)
olimpia
Coluna restaurada para as Olimpíadas de Atenas de 2004 do Templo de Zeus
olimpia
Colunas
olimpia
Imagem da famosa Estátua de Zeus, feita por Fídias
olimpia
Museu Arqueológico de Olímpia
olimpia
Bandeiras da Grécia e do Brasil nas ruas de Olímpia
olimpia
Ruas enfeitadas de Olímpia



Arredores:

Estando na região, não deixe de conhecer Stemnitsa e Dimitsana. As duas são cidades no alto da montanha, consideradas umas das mais bonitas da Arcádia. Pela dificuldade do acesso, elas eram um refúgio para as guerras, então várias casas-torre e igrejas bizantinas foram construídas. A paisagem também é bem bonita!! É um ótimo lugar para passar o dia!!

Itinerário feito pelo site Sygic Travel
stemnitsa
Stemnitsa
stemnitsa
Igreja de Stemnitsa
stemnitsa
Stemnitsa
stemnitsa
Torre de Stemnitsa
dimitsana
Dimitsana
dimitsana
Dimitsana
dimitsana
Dimitsanana
dimitsana
Dimitsana